Páginas

domingo, 1 de abril de 2012

Dias Aflitos, Doença do Miudínho !!!

Pois bem , voltando com notícias mais pra lá do que pra cá, porém , como aqui, quero deixar registrado o máximo de capítulos da história da Leninha, não poderia deixar de passar em branco esse perrengue.
Tudo começou na Terça-Feira passada, um estado febril, não superando os 37º, uma coriza transparente, e nada a mais, por via das dúvidas marquei uma consulta com a Pedi dela, e lá fomos nós para mais uma sessão de choro e reclamações, incrível como ela "traumatizou" uma sala com qualquer pessoa de branco, isso depois do último exame de sangue que ela teve que passar. Ela chorou esperneou, mal deu para a Dra. examina-la direito, garganta ok, escuta ok, enfim nada que "aparentemente" pudesse assustar, está medindo 82cm (acima da média) e pesando 10.650Kg, tudo normal e muito bem obrigada segundo a Pedi , me pediu para observar os sinais, e avisou que precisaria viajar (orelhas de pé nessa hora), e orientou o Alívio se a febre aumentasse.
Na quarta feira a tarde, recebo uma ligação do papai, me dizendo que ela estava meio "quentinha" quando cheguei do trabalho o "quentinha" já estava muito "quentão" resultado: 39.2º, e eu já sentindo que algo não estava indo tão bem, parece que depois que nos tornamos mãe o nosso 6º sentido triplica, tentei deduzir que poderia ser mais uma vez os dentinhos, porém algo diferente acontecera, ela estava ficando sem apetite, algo que nem nascendo 2 ou mais dentes de uma vez ela ficara, e as pulgas a essa altura já alojadas nas minhas duas orelhas, ligo pra Pedi e ela me orienta ficar no paracetamol, ficando com receio de uma possível Dengue.
A madrugada da quarta foi terrível, febre intensa o tempo todo, não baixando dos 38º por nada nesse mundo, consegui dormir as 5:15hs durante 3hs, pois as 8:00hs ela acordou novamente, foi o período mais longo que ela dormiu. Acordamos e não fui trabalhar, fiquei o dia inteiro com ela, e a febre ia e vinha devido aos efeitos do remédio, comecei nebulização duas vezes ao dia, para aliviar o nariz. E chega a noite mais uma vez, e essa noite da quinta foi 3x pior que a anterior, muita inquietação, como se sentisse dor, algo parecido , e detalhe a febre maior era apenas na cabeça, vomitou um pouco durante a noite, apenas uma vez.
Levamos ela no PA da Unimed, e um Peneumologista nos atendeu, até que ela nem deu um show intenso, e até deixou o médico escutar um pouco ela, verificou que a garganta estava muito vermelha, mais a escuta estava limpinha, receitou o antibiótico Ceclor e nos liberou, apartir daí não consegui mais falar com a Pedi dela que estava viajando. Durante o dia ela estava super enjoada, sem querer comer quase nada, e isso estava me tirando a paz, nunca vi ela ficar assim sem apetite, a noite minha mãe chegou de viagem, e isso me tranquilizou mais um pouco, porém mais vômito na sexta a noite, depois ela se animou e até brincou um pouco na casa da minha mãe, durante a noite, continuou com sono inquieto e durante todos esses dias não dormimos mais que 3hs seguidas, eu e o papai ficamos num revezamento 1x1 constante.
No sábado pela manhã, ela amanheceu melhor e apenas com estado febril de 37.5º, comeu pouco mas tava dando pra ir quebrando o galho, a noite saimos para dar uma volta pela cidade, e logo percebemos uma irritação no seu rosto, descendo para o pescoço, imaginei ser devido as asas de borboletas que ela teima em brincar, porém minha mãe disse logo , parece ser "miúdinho", pronto, parece que toda avó tem seu lado médica de ser, então também achei de cara muito parecido, apartir daí , foi questão de segundos para se espalhar as machinhas pelo corpo. Chegamos em casa e depois do banho tive quase certeza que se tratava do danado do "miúdinho", parei com o Ceclor que ela estava tomando, com receio de inibir os sintomas, depois que dormiu, corri para net tentando achar algo, e pronto foi batata, todos os sintomas da Leninha levava a bendita doença de nome esquisito "Escarlatina" vulgo aqui para minha região "miúdinho" , os sintomas foram idênticos , febre durante 2 a 4 dias , os quais o virús fica incubado, nauseas, vômitos, dor no corpo, dor de cabeça, porém, depois que o virús "estoura" (as manchinhas vermelhas) aparecem, os demais sintomas desaparecem, e assim foi, noite sem febre e mais tranquila.
E hoje pela manhã, quando ela acordou, corri para ver como estava, e num é que o nome faz jus, ela está toda cheia de manhas "Miudínhas" vermelhas, prevalecendo o rosto e tronco, vi na net, que o vírus é sensível a Penicilina e que esse seria se tratamento ideal, corremos pro PA da Unimed novamente, afim de um diagnóstico mais preciso, porém se arrependimento matasse teria morrido de raiva, chegando lá fiquei esperando pelo bendito médico, e ele simplesmente olhou pra mim e disse, que "aquilo" era coisa pouca, continuasse com o medicamento anteriormente prescrito, como esse bendito médico já tem fama aqui na cidade, peguei minhas coisas e da Leninha e fomos embora.
Fomos procurar os hospitais públicos na esperança de encontrar um Pediatra de plantão, brincadeira neh ? , nós com plano de saúde, relativamente caro, procurando a saúde pública, que é muito precária aqui na nossa cidade, tudo isso pela má vontade de profissionais quererem exercer o juramento que fizeram no dia de sua formatura.Chegando no hospital, fomos atendidos por um médico até atencioso, novinho, cheirando a diploma recém recebido, e perguntou se os sintomas era febre que cessava, e depois retornava , e diagnosticou ela com um nome lá que só ele e Jesus sabem, porém eu relutei e fui dizendo os outros sintomas e dei a idéia de ser a tal Escarlatina, e ele disse que não porque começaria com garganta irritada e eu expliquei que assim foi, e que a lingua também estava com aspecto esbranquiçado e pontilhado de vermelho, então, ele mudou seu diagnóstico e concordou que era a Escarlatina, ficou com uma cara meio ruim, como se eu tivesse querendo saber mais que ele, mais eu tô nem aí, quero apenas que minha filha seja tratada devidamente pelos sintomas que estava apresentando, falei também sobre a Penicilina, e ele me disse que o ideal seria uma Bezetacil, é mole que eu deixaria ela tomar uma injeção dessa sem ser prescrita por um Pediatra, não duvidando da sabedoria dele, mais nesse caso, cada macaco no seu galho, como ele viu minha cara de "Não Concordo" , ele prescreveu a penicilina de 8 em 8hs, voltamos pela farmácia e compramos o remédio para começar imediatamente.
Chegando aqui na rua, verifiquei que quase todas as crianças já tiveram por aqui, muitas mãe me tranquilizaram e começaram a distribuir as suas receitas, cada uma que saiba mais que a outra o que funciona, de Chá de Sabugueiro com Caroço de Milho, a banho com Camomila e álcool, tivemos de dicas rsrsrsrs
Amanhã tentarei a Pedi dela e levar todo o histórico desses dias e ver a opinião dela, ao qual eu sou de total confiança, tirei umas fotinhas dela para mostrar como ela está "Miudínha" :
Segue link que me ajudou muito na hora do perrengue: http://br.guiainfantil.com/pele-do-bebe/288-criancas-e-bebes-com-escarlatina.html




E apesar de td, taí a cara da boasinha rsrsrsrs


4 comentários:

Beth Amorim disse...

Owwwwww....

Titia tá com tanta saudade dessa boneca!!! Fico aqui torcendo pra ela ficar boa!!

Sonhei com a bichinha duas vezes na semana passada, e numa das vezes ela estava doentinha, com a pele avermelhada como se fosse uma alergia... Fiquei surpresa quando vi seu status no Facebook dizendo que ela não estava bem! Afff...

Beijão pra vcs três! Tô com muita saudade!!!

Pris Scheidegger disse...

Que bom que criança se recupera rápido... mas foi um susto e tanto, né?!
Espero que passe logo!!
Bjsss

Futura mãmã disse...

Que susto... rs
Que fique bem rapidinho..bj

Mamãe Mayara Lima disse...

Oiii.. Flor.

Tem selinho la no blog pra você!

espero que goste.*.*

Bjiinhus

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...