Páginas

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Nosso 4º Mês Foi Assim.



Nossa gente tô devendo esse post desde dia 18\05\2011, mas devidos aos últimos acontecimentos, tive que adiar um pouco.
Ai gente, cada dia que passa é uma descoberta nova, Maria Helena está cada dia mais sabida, e "indepedente", não vejo mais aquela menininha frágil, que pode se quebrar a qualquer momento, vejo sim uma fome de querer descobrir o mundo, tudo prende a atenção dela, por pelo menos 5 min é verdade, mas a cada dia sinto que ela interage mais com as descobertas que faz.
Sim, ela já sabe que é conhecida por: Maria Helena, Leninha e Bolinha, atende prontamente sempre que chamada assim.
Quer comer o que encontra pela frente, as gengivas já estão um pouquinho inchadas, e tudo parece realmente ser saboroso.
Não "rejeitou" nada que foi oferecido a ela, as frutas, e simplesmente amooou a banana amassada, quando estava no perrengue de não amamentar devido ao problema na pele, ofereci aquela papinha da Nestlé, na hora do almoço,e ela devorou tudo, e graças a Deus não teve problemas intestinais, tudo funcionou normalmente.
Vive batendo papo com todo mundo.
Continua babando tudo e todos.
Adora dá gargalhadas com o pai dela.
Já fica totalmente em pé (com apoio é claro), adora dá pulinhos quando está de pé.
Fica sentadinha sozinha na banheira, fora dela só não fica totalmente porque teima em querer morder o pé, mesmo estando sentada.
Ela simplesmente AMA água, seja no chuveiro, na banheira, na lavanderia, e pra melhorar minha mãe comprou uma piscina para ela, aí pronto, vive de molho, fica gelada igual um picolé, mais não quer sair de jeito nenhum.
Só dorme direito quando toma banho, seja a qualquer hora ou qualquer temperatura.
Está dormindo bem melhor, acorda umas 2x durante a madrugada, mas tem os dia de exceção claro, aqueles que é só deitar na cama que ela acorda.
Quando ela decide que é hora de dormir, simplesmente é hora de dormir, esteja onde estiver temos que atendê-la, senão é um show a parte.
Ela reconhece na hora o barulho do carro do pai dela chegando do trabalho, e quando o vê, simplesmente me anula e só tem olhos pra ele.
Ama tomar os remédios o redoxon e ultrafer.
Adora fazer carinho no rosto das pessoas próximas.
Fica hipnotizada olhando as galinhas da casa da minha mãe.
Não estranha as pessoas e sorri quando estimulada (isso se não tiver com sono).
Não gosta de ficar muito tempo sozinha, seja no carrinho ou no berço.
Dorme feito uma mocinha sozinha no berçinho dela (só a noite), fico do lado até ela adormecer, confesso que sinto saudade as vezes, de ficar balançando ela na rede até dormir, toda cheirosa e dengosinha, mas durante o dia só na rede mesmo para ela adormecer.
Bem acho que foi isso, mas estou com a sensação que esqueci de algo. Está passando tão rápido gente, e eu tento aproveitar cada segundo ao lado dela, graças a Deus posso ficar com ela e não preciso ir trabalhar, senão não sei se saberia me separar dela, a cada dia estamos mais juntas e cúmplices uma da outra.
A 5 meses descobri o real significado da palavra felicidade.
Merciana Amorim.

Selinhooo para as 10 +.

Ganhei mais um selinho da minha miguxa Débora, lindo de doer.


A regrinha é super simples, escolher 9 merecedoras e 1 mercedor do selinho aí vai minhas 10 +:

Déia
Mandy Chaves
Cyy
Lu
Marcelo Vieira
Karina
Ana Paula
Roberta Lippi
Mariana
Julia

Bjo a todoss !!!!!!!!

domingo, 22 de maio de 2011

Pitiríase Roseo, Hein ?

Como prometido, aqui está o post para explicar sobre essa doença chatinha que me acomete desde semana passada, estou me sentindo feia e chateada, espero que passe logo e eu volte a me olhar no espelho normalmente.

O que é a pitiríase rósea?

Pitiríase rósea é uma erupção cutânea característica pensada para ser causada por um vírus. Comumente ocorre em adultos jovens (especialmente com idades 15-30), mas pode ocorrer em qualquer idade. Ele não é considerada contagiosa.


Quais são os sintomas?
O arauto patch A erupção geralmente começa com uma grande mancha no tronco, chamado um arauto patch porque ele anuncia o início de uma erupção cutânea generalizada 1-2 semanas mais tarde. Esta herald patch é muitas vezes confundido com micose. Cerca de uma em cada cinco pessoas com pitiríase rósea não terá um arauto do patch. A erupção Em poucos dias as manchas romper todo o corpo, cobrindo o tronco e braço (em uma T-shirt distribuição), e parte superior das pernas. Raramente, as erupções podem cobrir o pescoço e face. As manchas tornam-se manchas ovais (cerca de 1-2cm) de salmão-vermelho ou cor de cobre, com margens de pele escamosa. A erupção é organizado ao longo das dobras da pele (chamadas linhas de clivagem) para dar a aparência de uma árvore de Natal, especialmente na parte de trás do corpo. pacientes Outros sintomas não são maus, embora possa haver algum incómodo menor de coceira. Alguns pacientes não têm qualquer prurido em tudo, enquanto outros podem ter prurido considerável.


Quais são os riscos? 
Não existem riscos associados a pitiríase rósea, mas você deve visitar o seu médico para ter certeza que você não tem outra doença de pele semelhantes, como micose. No cicatrizes irá resultar da erupção cutânea a menos que haja uma infecção complicando. Segundo os ataques são raros.


Quais são os diagnósticos diferenciais?
Além de confundir o arauto patch com micose, duas condições podem causar confusão. Um deles é um tipo de chamada psoríase gutata, que é uma erupção aguda de início súbito. A outra é uma erupção da droga, que pode acompanhar o consumo de drogas usadas para tratar a artrite reumatóide ou a hipertensão.


Quanto tempo demora a última erupção?
Pitiríase rósea normalmente executa um curso natural de 4-10 semanas. Ele desaparece da sua própria vontade. Não existem medicamentos ou tratamentos disponíveis para encurtar esse caminho.


Qual é o tratamento?
Não existe um tratamento especial para a pitiríase rósea. Você deve levar sua vida normal, activa. Se possível, expor a pele a quantidades moderadas de luz solar, pois isso tende a diminuir a erupção, mas você deve evitar queimaduras solares. Caso contrário, a terapia da luz ultravioleta, três vezes por semana é útil. Tomar banho e duche, como de costume, mas use um sabão neutro, como Dove ou Neutrogena. Se a coceira é um incômodo, usar uma loção ou creme calmante. Loções calmantes incluem:
* Loção de calamina;
* Loção de calamina com 1% de fenol;
* Mentol 1% em creme aquoso;
* Creme de uréia. Um óleo de banho relaxante, como QV Bath Oil, pode dar alívio e é particularmente útil para as crianças. Se a coceira for grave, o seu médico provavelmente irá prescrever a medicação, que podem incluir um corticóide tópico (cortisona) creme.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Momentos de Aflição.


Pois bem gente, passei um perrengue daqueles essa semana, começou  quando percebi no meu seio direito uma manchinha vermelha, parecido com uma picada de muriçoca (pernilongo), isso na quinta feira a noite 12\05, quando foi na sexta feira dia 13\05, percebi que tinha mais de uma manchinha no meu seio, pensei ser irritação ou algo parecido, porém quando amanheceu  sábado tudo piorou, como num passe de mágica se alastrou em todo o seio, e pior no outro seio também, entrei em parafuso, fiquei desesperada, chorei, e me diagnostiquei de todas as maneiras, e o pior, outras pessoas também me diagnosticavam, umas para melhor outras para pior, e botem pior nisso, de germe de gato, cachorro e etc, a uma simples alergia, surgiram os diagnósticos.
A única coisa a qual eu relacionava o fato, era o seguinte , num domingo de algumas semans atrás, se não me engano a 15 dias, eu tomei um banho de chuva e estava com sutiã, e esse mesmo sutiã, ficou na casa da minha mãe, e na quinta feira eu estava na casa dela, e precisei sair , mas estava com um sutiã meio caidinho, então vi ele lá e troquei os sutiãs, nem me lembrei se tinha ou não lavado, então estava achando, e não só eu, como Mozinho também, que era germe de gato que tinha vindo das "biqueiras", devido ao banho de chuva, no sábado de manhã fiquei transtornada que comecei até a ver que estava em Maria Helena também, percebi no cantinho da boca dela, que também havia uma manchinha rosa, parei de dá de mamar para ela direto no peito, comecei a tirar e colocar na mamadeira, e tentar dá um pouco de LA pra ela, pensa que ela quiz, foi uma luta travada, principalmente porque ela também só gosta da Chuquinha (mamadeira de 50ml), acho que porque o bico é bem molinho parecido com o peito, procurei a manhã quase inteira por médicos particulares, não encontrava, então fui no hospital público mesmo, na urgência, chegando lá o plantonista era um pediatra, menos mal pensei, só assim ver logo Leninha também, então ele olhou assim por cima, e diagnosticou Alergia, receitou um anti-alergico e um creme para mim e para Leninha , disse também que eu poderia continuar amamentando , mas eu não confiei de jeito nenhum, e continue com a saga da desmamadeira, passava horas tirando o leite, e ela tomava tudo apenas de uma única vez, então durante o dia dava frutinhas, e a noite alternava, uma vez leite materno outra vez, o leite artificial, no 2º dia ficou mais difícil, não sei se devido ao meu nervosismo, ou a falta de sucção dela, mas o leite não saía mais, aí entrei em desespero total, apenas na segunda-feira de manhã, consegui um médico dermatologista que fez o diagnóstico certo, saí da consulta com uma notícia alegre e uma triste, a alegre, foi que não era germe nem alergia, e o principal, não era contagioso e eu realmente poderia dá de mamar sem preocupação alguma, porém se trata de um tipo de vírus, diagnosticado como Pitiriase Roseo, e que não existe nem um medicamento de efeito imediato, a cura pode durar até 3 meses, e as erupções se espalharem por todo o corpo, por fim receitou um hidratante e um medicamento via oral, e solicitou um exame de sangue também, pediu pra voltar com 12 dias, aproveitei perguntei das estrias e ele receitou uma fórmula e disse que ainda tinha jeito, (pelo menos isso de bom),  quando pensei ter resolvido tudo, fui dá um mamasinho pra ela, aí sim meu mundo desabou, ela não quis, entrei em desespero parte II, sentia que ela sugava e como não estava saindo facilmente ela se irritava e não queria mais, a sorte foi que o maridão lembrou que eu tinha ainda um restinho de Plasil que tomei assim que ela nasceu, para estimular a produção do leite , então comecei a tomar e intensifiquei a ingestão de líquidos, agora já está bem melhor e ela está mamando normalmente, nunca pensei passar um sufoco tão grande, meu maior medo era que ela não quisesse mais mamar, medo surreal gente, justo eu, que pensei essa semana: Poxa não vejo a hora de Leninha começar a tomar o LA , para ver se dormimos a noite toda, bendito arrependimento do tamanho do universo, para acabar de completar, estou com uma intensa dor de dente, só que em todos os dentes de uma vez só, amanhã irei a dentista e ver o que pode ser, sei não, xô ziquizira, farei outro post apenas explicando sobre a Pitiríase Roseo, vamos torcer para uma maré de bonança voltar a reinar aqui em casa...
Merciana Amorim.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Seu bebê é, o que você come.

Nenhum lugar no mundo parece mais seguro do que a barriga materna. Dentro do útero, o bebê flutua em quase 1 litro de líquido amniótico, uma mistura de água e fluidos da mãe e da criança que mantém a temperatura constante e protege a nova vida de impactos externos. A placenta, a conexão do bebê com o exterior, funciona como um filtro. O tecido de 4 centímetros de espessura, colado à parede do útero e repleto de vasos sanguíneos, leva oxigênio e nutrientes para o bebê e manda embora gás carbônico e impurezas. Mas todo esse aparato de segurança provido pela natureza é inócuo para proteger o bebê de um perigo prosaico: a alimentação materna. Uma nova safra de estudos, baseados nos avanços da genética, está ajudando os pesquisadores a entender por que aquilo que a mãe come tem o poder de influenciar na saúde do filho até mesmo na vida adulta. As pesquisas sugerem que a alimentação materna pode moldar o funcionamento do organismo do bebê para o resto da vida. O bebê gordinho de hoje pode virar a criança reconchuda de amanhã e o adulto obeso do futuro.
Depois de compilar por décadas estatísticas sobre nascimentos, os cientistas concluíram que mães obesas têm entre 42% e 63% mais chances de dar a luz a bebês que se tornarão crianças obesas e adultos obesos. No futuro, os quilos a mais freqüentemente se traduzem em problemas de saúde, como diabetes, hipertensão e doenças cardíacas. Um dos estudos mais recentes, publicado no ano passado pelo Lancet, um prestigiado periódico médico, conseguiu determinar a exata relação entre o peso da mãe e do filho. A pesquisa com mais de 510 mil americanas sugere que cada quilo ganho pela mãe na gravidez aumente o peso do bebê em 9,5 gramas ao nascer. Uma mulher que engorde 20 quilos, por exemplo, terá duplicado as chances de ter um bebê com mais de 4 quilos, peso considerado acima da média. As recomendações médicas sugerem que as gestantes ganhem, no máximo, 20% do peso ideal. A médica americana Emily Oken, da Universidade Harvard, conseguiu mostrar que os quilos extras afetam o organismo da criança desde o ventre. Emily estudou mais de 1 mil gestantes e concluiu que os filhos de mães que ganharam mais peso do que o recomendado tinham chances quatro vezes maiores de serem crianças obesas aos 3 anos. E, ao nascer, a pressão arterial de bebês de mães obesas era mais alta. Para cada 5 quilos ganhos na gestão, a pressão arterial do bebê aumentou 0,60 mm Hg.

Como a alimentação materna afeta o bebê:

Os cientistas desconfiam que átomos dos nutrientes ingeridos pela mãe podem se ligar aos genes do filho. Esse processo não altera a estrutura do gene, mas é capaz de ligá-lo ou desligá-lo. Os fetos seriam especialmente sensíveis a esse tipo de mudança porque a velocidade do crescimento na barriga da mãe é muito acelerada. Os médicos ainda não sabem ao certo quais alimentos podem ter esse tipo de efeito. Mas já há bons indícios de que uma alimentação rica em gordura e açúcar pode afetar o metabolismo do feto para o resto da vida.
A janela de oportunidade para alterar o metabolismo infantil continua depois do nascimento. Pelo menos é o que indicam estudos que analisam os efeitos dos suplementos nutricionais, como as fórmulas lácteas, no desenvolvimento de bebês. Os cientistas estão começando a desconfiar que o nível de proteínas presente nessas fórmulas é muito maior do que deveria, o que contribuiria para criar bebês mais gordos e com mais chances de desenvolver diabetes, hipertensão e doenças cardíacas no futuro. Quando as fórmulas foram criadas, no início da década de 1970, os fabricantes tiraram tudo o que tinha de ruim no leite de vaca integral, como o excesso de gordura, e incorporaram mais proteínas do que havia no leite materno. Pensava-se que elas fariam bem porque ajudam o bebê a crescer. O problema é que ainda não se sabia como o excesso poderia interferir na intricada rede processos do nosso organismo. É essa cadeia de reações que os cientistas estão começando a desvendar agora.


Os leites artificiais podem causar obesidade?
O excesso de proteínas nos primeiros meses de vida estariam por trás de alguns desses processos. A equipe do pediatra alemão Berthold Koletzko, pesquisador da Universidade de Munique, estudou mais de 1 mil crianças européias. E concluiu que os bebês que consumiam fórmulas ricas em proteínas (4,4 gramas por100 calorias) ganharam mais peso do que os alimentados com fórmulas mais fracas (2,2 gramas a cada 100 calorias). Mas não houve nenhuma diferença no comprimento das crianças, indício de que diminuir a quantidade de proteínas não prejudicaria o crescimento.
A hipótese de Koletzko é que o consumo exagerado de proteínas estimula a produção de substâncias que favorecem a proliferação de células de gordura. Ainda não há um consenso sobre a composição mais adequada das fórmulas artificiais. “Algumas empresas já estão diminuindo a quantia de proteínas, mas ainda é preciso estudar mais esse assunto”, diz o pediatra Cláudio Leone, professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. “Agora que sabemos que a primeira infância é fundamental para determinar o funcionamento do organismo, é preciso mais cautela para criar consensos. Senão, daqui a 15 anos, teremos criado uma geração de desnutridos e não de obesos.” Vale lembrar que a recomendação da Organização Mundial da Saúde é alimentar os bebês até seis meses de idade exclusivamente com leite materno.
As novas descobertas sobre como o ambiente intra-uterino pode comprometer a saúde dos filhos até na vida adulta deixam qualquer futura mãe angustiada. Como ainda falta muito para os médicos entenderem quais alimentos podem ou não influenciar o desenvolvimento infantil, a melhor estratégia é adotar uma alimentação equilibrada – um ótimo exemplo para as crianças seguirem no futuro. “As mães não devem se preocupar com tudo o que elas comem”, diz pediatra e nutrólogo Fabio Ancona, professor da Universidade Federal de São Paulo. “Elas só precisam comer bem.”

Fonte: Marcela Buscato é editora-assistente de ÉPOCA em São Paulo.

Ps: Quem me indicou esse post, foi o maridão, assim como eu, ele também esteve muito preocupado durante toda minha gravidez, com o que eu estava encaminhando para a nossa princesa, que hoje é prova viva que tudo realmente valeu a pena.
Obrigada Mozinho pela indicação!!!! Te Amo Muitão !!!

domingo, 15 de maio de 2011

Que Emoção !!


Gente tenho uma novidade ótimaa pra contar, acreditam que apartir dessa semana eu sou uma das nove blogueiras do Tutti Mami, que tem uma parceria bacana com a empresa super conceituada Tutti Baby .
Pois é, passando por lá, vi que, as mamis que quisessem, poderiam se escrever para serem selecionadas para postarem durante 3 meses, então corri e deixei meus dados, porém, já sem esperança de ser selecionada pra essa temporada, visto que, já estavam selecionadas as mamis pra essa 1ª temporada de 3 meses, pois não é que pra minha adorável surpresa, recebi um contato da Tutti , me informando que tinha sido selecionada, nossa, fiquei tão feliz e tão emocionada ao mesmo tempo, todavia , não deixei de sentir um tantinho de receio, já imaginaram a responsa que é, ter várias mamis se espelhando em atitudes e opiniões suas, que antes eram expostas em um lugar só "seu", sim, nesse cantinho aqui, digo o que quero e bem entendo, porque sei que tenho direito livre pra isso, não que lá não tenha, mas é como se eu sentisse que lá eu tenho um Patrão sabe rsrsrs engraçado isso, e aqui não, eu mesma, mando no meu nariz, venho a hora que quero, trabalho a hora que quero, enfim levo do jeitinho que dá, e lá não, tenho "obrigação" de postar 2x por semana, (Não é obrigação, que fique claro), mas temos vários estímulos para isso, a cada mês cumprido os posts semanais poremos escolher um produto da Tutti Baby, e ao fim da temporada dos 3 meses, terá uma eleição para a melhor blogueira, e a ganhadora levará um enxoval completo da Tutti Baby, chique né, também achei, estou empolgadíssima com a novidade, até porque longe de mim algo assim acontecer, eu nunca imaginei que com meu humilde cantinho aqui, poderia impressionar alguém, comecei apenas com minha cunhada Beth Amorim  e o seu namorido (In Memória) Anderson Azevedo me seguindo, e hoje já estou com 42 seguidores, muito obrigada a todos
Então Galerinha, espero encontrar vocês também no Tutti Mami me preseteando com os maravilhosos comentários, aceito críticas construtivas também, espero que possamos nos divertir juntas, nessa tricotagem também em outro endereço.

Ps: Só não estou plemamente feliz, devido a uma alergia (diagnósticada por um pediatra), que surgiu nos meus seios, portanto estou evitando dá de mamar a Leninha direto no seio, estou tirando o leite e dando pra ela, mas devido a quantidade que ela toma já ser grande, está difícil conseguir tirar todas as vezes, fora o desconforto, mas isso é assunto para outro post.

Merciana Amorim.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Resumida em 7


Poxa, fiquei mega feliz com o meu 1º selinho que a Débora que me presentou, muito obrigada viu lindona, vamos as regrinhas:
Primeiro falar 7 coisas sobre mim:
1º- Amo minha família mais que tudo no mundo, e hoje vivo o que realmente se denomina um amor incondicional.
2º- Creio muito em Deus, mas não esse Deus pelos quais as pessoas começam as guerras e matam inocentes, pelo contrário um Deus generoso e bom.
3º- Aprendi que acordar as 6:00hs pode ser muito bom.
4º- Não suporto de forma alguma pessoas falsas e que se aproximam das outras sempre por algum interesse.
5º- Descobri que sou imensamente e indispensavelmene importante na vida de alguém.
6º- Eu costumo ser muito boazinha, mas não se meta comigo e principalmente com os meus, porque ruim eu sou melhor ainda.
7º- Estou sempre disposta a ajudar aos outros, mesmo que não receba o mesmo comportamento em troca, nunca costumo abandonar meus parceiros.
Agora vou presentear 10 amigas com esse selinho:
Beth
Lu
Than
Michele
Taly
Pamela
Vania Nobrega
Monique
Paloma
Fátima

Um Beijão a todas !!
Merciana Amorim.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Mamaço


Minha singela contribuição em apoio a esse ato de amor e carinho que sempre demonstramos as nossas crias, um absurdo ter que sermos avaliadas em fotos durante esse momento, e depois descobrirmos que não estamos dando bom expemplo, isso é uma falta de absurdo, principamelmente porque somos expostas o tempo todo a coisas, digamos repugnáveis, a todo instante, seja na internet, na televisão, ou mesmo na rua, daí querer "classificar" o ato de amamentar libidinoso aí já é um pouco demais, ê bixo estranho é esse tal de ser humano...
Em total apoio ao Manifesto da Lia.
Estamos aqui sempre a atender o que convém aos nossos filho e não aos outros, mais do que nunca adepta da frase: Os incomodados que se retirem !!!


Merciana Amorim

Um Anjo chamado Mãe

Como fiquei devendo o post pra minha mãesinha vou deixar aqui uma pequena homenagem:
Uma criança pronta para nascer perguntou a Deus:
Dizem que estarei sendo enviado à terra amanhã... 
Como eu vou viver lá, sendo assim tão pequeno e indefeso? 
DEUS:Entre muitos anjos, eu escolhi um especial para você. Estará lá te esperando e tomará conta de você. 
CRIANÇA: Mas diga-me: Aqui no céu eu não faço nada a não ser cantar e sorrir,o que é suficiente para que eu seja feliz. Serei feliz lá?
DEUS:Seu anjo cantará e sorrirá para você e,a cada dia, a cada instante, você sentira o amor do seu anjo e será feliz. 
CRIANÇA: Como poderei entender quando falarem comigo se eu não conheço a língua que as pessoas falam? 
DEUS: Com muita paciência e carinho, seu anjo lhe ensinará a falar.
CRIANÇA: E o que farei quando quiser te falar?
DEUS: Seu anjo juntará suas mãos e lhe ensinará a rezar.
CRIANÇA: Eu ouvi dizer que na terra há homens maus. Quem me protegerá?
DEUS: Seu anjo lhe defenderá, mesmo que isto signifique arriscar a própria vida
Diga-me por favor me diga o nome do meu anjo.
DEUS: esse é seu anjo atenderá sempre quando o chamar de Mãe...

Singela homenagem a minha mãe, que é também, minha amiga, irmã, confidente, cúmplice, fortaleza, porto seguro, isso é minha mãe e muito mais, que não caberia aqui tudo que a descrevesse melhor, sempre afirmo que se eu for 10% pra minha filha o que minha mãe é pra mim, eu já serei uma mãe completa e feliz, ela é esse anjo ao qual não precisamos pedir proteção, ela por si já o faz a cada segundo em que permanece conosco, é a única ao qual entrego minha filha e sei que posso confiar plenamente que estará em boas mãos.
Enfim obrigada Deus por ter me reservado essa mãe tão maravilhosa quanto a minha...
Mãe Te Amo Muitoooooooooooooooooooooo !!!!!!!!!!

Essa é nosso Anjo !!!

 Merciana Amorim.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Consulta do 4º Mês com a Pedi.

A consulta desse mês foi só elogios pra nós, imaginem só que a bolinha engordou 1kg, extamente isso, mês passado estava com 5.850kg e esse mês estava com 6.850kg, e com 61,5cm, estava com 57cm, a médica estava só sorrisos, pois ela canta uma vitória a cada consulta em que digo que apenas amamento, revelei pra ela que comecei com uns suquinhos, esperei uma bronca daquelas, porém ela disse que tudo bem, antes sucos e frutinhas raspadas do que LA, ela todo mês faz uma lavagem cerebral, luta veementemente contra a introdução do LA antes de 1 ano, liberou uma bananinha (maçã) amassadinha pra ela, fora, a maça e perâ que eu já tinha dado, examinou ela todinha e se derreteu em elogios, ressaltando sempre o bom desenvolvimento devido a amamentação, todas as medidas dentro dos padrões, e pulando feito uma perereca, as dúvidas foram:
* Tosse seca , meio inventada eu achei :
Escutou ela minuciosamente, e não verificou nada demais, escuta limpíssima.
* Chiado que continua as vezes após as mamadas :
Escuta limpíssima, acha que pode ser um pouco de refluxo, mas nada preocupante, pediu para observar melhor.
*Pipiu Coladinho (me preocupou o mês inteiro):
Está estacionado, me indicou um exercício, que pode até abrir novamente, ou no mínimo, não vai abrir mais, não receitou pomada, vamos esperar até a próxima consulta, torcendo muito para que reverta e ela não precise usar pomada, explicou que é super normal aparecer isso, que um probleminha hormonal mesmo, não preciso ficar descabelada, pois o dela, está bem pouquinho.
*Escovação da gengiva:
Apenas com uma fraldinha ou gase, nada daqueles limpadores que enfia o dedo, enquanto não tiver dente não precisa.
*Caspinha marrom no couro cabeludo:
Normal, devido a não ficar bem enxuto o cabelo, logo que sai do banho, indicou usar um óleo, (tenho o natura mamãe&bebê), que vai amolecendo aos pouquinhos e se soltando.
*Sucos e frutinhas:
Liberados: maçã, perâ, laranja mimo do céu, bananinha (maça) amassada, apenas uma vez ao dia.
*Chasinhos:
De jeito nenhum, se estiver estressada e cansada, quem tem que tomar o chá sou eu e não ela, Putz poderia ter ficado sem essa né, logo eu que estava fã do chasinho de camomila.
* Cava dos pés (acho que ela não tem cava igual a mim):
Disse que agora ainda está muito recente para termos certeza, esperar ela começar a firmar mais o pé, aí sim qualquer coisa, procurarmos um especialista.
Receitou a Protovit no lugar do Redoxon e continuar com o Ultrafer, aumentar para 10 gotinhas ao dia, ela simplesmente ama tomar esses remédios, na verdade ama tudo que for em uma colhersinha, vai logo abrindo a boca, então foi assim, saímos de lá alegres e serelepes, e cada vez mais convencida que realmente vou ficar exclusivamente na amamentação até os 6 meses, embora isso me custe as madrugadas levantando várias vezes, sim já ia esquecendo, comentei também o fato de as vezes ela acordar de hora em hora e eu sempre oferecer o peito, ela disse que não, se ela mamou bem, não é necessário mamar de novo a cada hora, assim poderá ficar no vício, pegar ela e acalentar até dormir novamente, sem precisar mamar a cada hora, estava fazendo tudo errado pelo visto, mas tudo bem, ainda tenho a desculpa que sou uma mamãe de 1ª viagem, rsrsrs.
Merciana Amorim.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

A 1ª Vez Agente Nunca Esquece...

Pois bem, desde criança, sempre que chegava o Dia das Mães, eu me perguntava: E eu, quando será que vou comemorar meu Dia das Mães ?, sim, eu sempre quis ser mãe, desde criancinha, nas minhas brincadeiras eu sempre tinha que ser a mãe, o tempo foi passando, e o sentimento sempre aflorado, porém regrado de muita responsabilidade, depois que casei aí sim, ele despertou com muita força, até porque desde o 1º dia juntos, eu e o maridão sempre falávamos do desejo de sermos pais, e eu dia a dia tinha mais certeza que tinha que ser ele o pai dos meus filhos, poderia até não ser um bom marido (o que não é verdade), mas seria um ótimo pai, cogitávamos até a ideia de que, se por acaso não ficássemos juntos , mesmo assim poderiamos ter um filho, tão grande sempre foi a certeza de que seríamos bons pais.
Véspera de dia das mães e eu colocando Leninha pra dormir no bercinho, simmm ela está dormindo no bercinho sozinha, sem precisar ficar dando altos balanços na rede, do nada tentei , e num é que deu certo não dura 10 minutos e ela já esta dormindo, fico com a mão no rostinho dela e ninando com o famoso HãHãHã, e ela acaba dormindo,fiquei tão orgulhosa de mim gente, vocês nem imaginam o quanto o quesito "dormir" já foi questionado dentro de mim, procurando técnicas e mais técnicas, porém eu já achava que não dava certo mesmo antes de tentar, me empolguei com a novidade, mas voltando a véspera do dia das mães, pedi de presente a ela, que dormisse um pouquinho mais, era meu único desejo, dormir bem, para acordar melhor ainda, e num é que aconteceu gente, ela dormiu as 20:30hs, acordou as 1:14hs mamou, dormiu de novo, voltou a acordar as 4:50hs mamou dormiu de novo e acordou as 6:30hs, nossa como eu acordei feliz, pra quem tava acordando no máximo de 2 em 2hs isso foi um presente e tanto, depois das 6:00 hs ela esperta e não dorme mais nem que dê a mulesta, levantei meio sonolenta ainda, mas quando chego no bercinho dela, ela me vêm com aquele sorriso banguela, mais lindo do mundo, então tiro ela e vamos pro nosso passeio matinal de todo dia, e eu fico sentindo cada carinho seu, sua mãozinha pequenina no meu rosto, e percebi que sou muito importante  pra ela, porém ela nem imagina o quanto milhões de vezes mais, é ela que é importante pra mim, não consigo nem imaginar minha vida sem a nossa rotininha juntas, o papai acordou brincou muito com ela e fomos rumo a casa da minha mãe.
Segue o nosso momento comemoração de Dia das Mães:

Chegando na casa da minha mãe, pela 1ª vez ela comeu banana (maçã) amassada, ela simplesmente amooou, devorou tudo em questão de minutos, ai gente, fico com uma peninha dela, porque percebo muito que ela queria comer muito mais coisas, mais por escolha e muitos conselhos da Pedi, ela só mama e toma uns suquinhos, 1x ao dia somente, e a Pedi liberou essa bananinha, já percebi que ela vai ser muito boa de boca, pois ama até o remédio que toma todos os dias , o redoxon e o ultrafer.
Segue o grande momento:

Depois da bananinha, piscina armada na garagem e ela simplesmente "endoideceu" e eu fiquei naquela , e agora? entro ou não com ela, sem muitos questionamentos, verifiquei a água que estava ótima, botei um biquíni de crôche que a madrinha tinha feito, e mergulhamos, a piscina ainda estava enchendo, ela simplesmente amou, esqueceu de tudo inclusive do sono que já chegava, se divertiu demais batendo as mãosinhas e os pesinhos, e se tornou uma atração a parte, todos correram pra ver e muitos flashes foram registrados, literalmente: Cada mergulho é um flash...
Segue o momento "piabinha":

Ela já estava geladinhaaaa, por isso tirei ela  mesmo contra vontade, porque ela não estava nem ligando,  queria mais era ficar na farra, dei um banho de verdade no chuveiro e puff ela capotou de sono, almoçamos todos junto com minha mãe, e ficamos o dia todo lá, fomos na casa da sogra a noite, e na volta pra casa, ela graças a Deus repetiu os mesmos horários de sono, portanto meu dia foi assim, cheio de 1ª vez, cansativo , porém muito divertido, amanhã vou postar pra minha mãesinha, ela merece um post só pra ela.
Merciana Amorim.

sábado, 7 de maio de 2011

Nossa Missão



Missão... ser mãe
Que missão é essa que me enche
de tanta emoção?...
Meses de enjôos, mudanças no corpo,
dores na coluna, inchaços...
A emoção do primeiro movimento do bebê
dentro da barriga...
Inexplicável como a primeira vez
em que olhei para seu rostinho.
Quantas noites sem dormir,
sofrendo com os choros...
Será dor de ouvido? Fome?
Cólicas? Manha?...
Ser mãe...
É ajudar o filho a largar
sua chupeta e também a mamadeira...
Segurar as suas mãozinhas na hora das vacinas...
É a alegria de ver seus primeiros passos...
e suas primeiras palavras...
tentando formar frases que por muitas vezes
difíceis de serem compreendidas.
Primeiros dias na escola...
levando-os com o coração partido,
mas feliz em ver suas descobertas.
Vibrar com suas vitórias e ampará-los
em suas pequenas derrotas.
Sentir suas mãozinhas procurando as minhas...
Seu corpinho se aconchegando ao meu...
Enquanto eu faço ele dormir.
Ser mãe
É ver crianças pedindo comida
nas ruas e se perguntar:
e se fosse o meu filho?
É desejar sacrificar a vida
para poupar a do filho.
É não se permitir morrer
e desejar viver mais para ver o filho crescer
e realizar os seus sonhos.
É ouvir seu filho falar de seu primeiro amor...
de sua primeira decepção...
Ficar acordada até madrugada para 

ouvir o barulho da chave abrindo
a porta e ter a certeza que ele
está novamente em nosso lar.
Ser mãe...
Foi o maior presente que Deus me deu. 
É muito bom aprender cada dia um
pouco com você e poder sentir essas
emoções que só quem é mãe pode sentir.
Amo muito você, minha doce e encantadora Maria Helena.



Parabéns a todas a mamães, e futuras mamães que logo em breve descobrirão o doce prazer de cumprir dia após dia essa árdua missão...


Merciana Amorim

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Mensagem pra Você...


Mensagem lida na missa de 30º dia de falecimento...
Você se foi de maneira tão rápida, brusca e inesperada, sem deixar tempo algum para nos despedirmos, mas não combinaria com você: abraços demorados, palavras tristonhas e lágrimas no rosto que uma despedida traz consigo, conosco ficou a gostosa lembrança dos seus sorrisos e sua alegria de viver contagiante, porém, ficou também esse enorme vazio, carregado de perguntas: O que fazer agora? , Como conviver com os “nunca mais”?, Enfim como recomeçar sem você?
Nos resta apenas, a esperança de que o tempo se encarregue de minimizar essas grandiosa dor, tempo esse, que hoje, nos revela uma dura e dolorosa realidade, a de que realmente você se foi, esse “tempo” generoso e que conforta ,tão desejado por todos, ainda está longe de chegar, nos vemos sem os seus sorrisos , sem seus abraços, e sem suas gostosas brincadeiras , tudo isso se mantém ainda muito vivo em nós, nas inúmeras lembranças que você deixou, recomeçar sem você está sendo mais difícil do que imaginávamos, fazer planos sem poder contar com você?, mais ainda, nos vermos em diversas situações e perceber que você não vai mais está nos corta o coração, com quem vamos rir das pessoas sem noção que encontrávamos nos lugares, com quem assistir a jogos do Flamengo e sentir que ninguém no mundo, amava mais esse time do que você, com quem compartilhar ideias e ser compreendido com apenas uma explicação,  a quem iremos ensinar a Maria Helena a chamar de Tio Cabeção e ter a certeza que um sorriso se abriria apesar do apelido “carinhoso”, porém não há como lembrar de você e nos vermos envolvidos apenas por tristeza, porque você simbolizava alegria, você chegou de mansinho e se instalou de tal maneira que nos vermos sem você hoje , ainda está difícil de aceitar, é uma lacuna “impreenchível”, e nem que apareçam milhões e milhões de novas pessoas ao nosso redor, você não deixará de ser uma referência, para todos nós, e as comparações serão inevitáveis.
Sua precoce partida não privou apenas a nós, seus amigos e familiares do seu maravilhoso convívio, mas sim o mundo como um todo, pois seres humanos como você são realmente raros de se encontrar, o mundo hoje está incompleto, falta esse ser especial , esse anjo que você foi e ainda continua sendo pra nós.
Filho amado, irmão companheiro, genro desejado, inimigo admirável e amigo pra todos as horas, assim foi você , que em sua curta passagem aqui na terra, nos marcou por essas e inúmeras outras qualidades, a sua falta ainda nos sufoca e nos remete a essa dura realidade que é aceitar que vamos ter que continuar sem você, e por você daremos a volta por cima, por você vamos  aprender a sorrir novamente, e principalmente por você ,vamos voltar a ser felizes, pois sabemos que esse sempre foi o seu maior desejo para com os seus.
Que esse tempo que irá adormecer essa dor chegue logo, que ele seja solidário com todos nós, e que transforme esse sentimento que machuca nossos corações dia e noite ,em uma doce e eterna saudade...

“Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar, qualquer dia amigo agente vai se encontrar...
Merciana Amorim.



segunda-feira, 2 de maio de 2011

Vacina + Frutinha

Hoje foi dia cheio por aqui, logo cedo fomos para a Leninha tomar a vacina, a poderosa tretravalente, que na verdade ficou só na "tri" , faltou a rotavírus que provalvemente chegará até sexta, dei a dipirona charope, 2,5ml meia horinha antes e ajudou demaissss, na hora da vacina, Leninha quase nem abriu o berreiro, depois que já tinha entrado a agulha foi que ela ensaiou um Nhèèèm ,mas logo que botamos a pepeta ela parou rapidinho, graças a Deus ela não teve reação nenhuma, não sei se foi devido a dipirona ou se foi porque faltou a rotavírus, mas que bom que está sendo assim, chegamos pra ficar na casa da Vovó Beta, até o painho voltar do trabalho, lá estou  eu no Pc da casa da minha mãe, e Leninha tinha saído com a vovó pra ir no supermecado, voltaram e eu não vi muita movimentação , quando cheguei na cozinha , estavam as duas muito quietinhas, minha mãe estava raspando uma pêra e dando de colhersinha pra Leninha, e ela estava toda lambuzada e amandooo tudo aquilo, como já relatei aqui a Pedi dela não queria que introduzissemos nada até os 6 meses, apenas o leite materno, mais eu já comecei com água e sucos, mas hoje minha mãe experimentou a frutinha, tô analisano ainda se conto para a Pedi ou não, rsrsrs , temos consulta amanhã com ela.
O dia correu bem, dormiu a tarde com o painho dela, e eu fique na espreita se viria a reação ou não, graças a Deus nada, acordou animada toda e rindo como sempre, a noite chegou e algo muito engraçado aconteceu, o painho estava com ela, enquanto a mainha aqui fazia o jantar, então comecei a ouvir umas risadinhas dobrando, pouquissimas vezes Leninha conseguiu dobrar a risada, estava ele com a Talula (centopéia de pelucia) brincando com ela, e ela simplesmente amou essa brincadeira e estava dando essas gargalhadinhas que encheram a mainha aqui de orgulho, coisa mais totosa do mundo, dei mais 2ml de dipirona charope e agora está dormindo feito um anjinho, Deus permita que a noite continue assim.
Segue o videosinho da gargalhadinha:
video


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...